Portal_1A

FLORESTA DA TIJUCA. RENOVANDO AS ENERGIAS.

Fim de semana no Rio de Janeiro. O sol brilha forte. Sábado, dia de praia. A água do mar aqui no Rio, em geral, é fria, na média, cerca de 19ºC. Mas, em janeiro deste ano, aconteceu um fenômeno que chamou a atenção dos cariocas e turistas: praias com águas a 23ºC. Em pleno verão, com temperaturas beirando os 40ºC(104ºF), nem as águas deram uma trégua no calor.

Caminho Floresta da Tijuca
Caminho da Floresta da Tijuca

Domingo resolvemos ficar longe das praias. Fomos curtir a Floresta da Tijuca, um dos quatro setores do Parque Nacional da Tijuca.

Na época do império, coisa de 200 anos atrás, os fazendeiros devastaram a mata para usar a madeira e para plantar cana e café. O que aconteceu? As fontes naturais secaram e, sem a proteção da mata, começou a faltar água potável. Então, o Imperador Dom Pedro II mandou reflorestar o local.

Hoje, o Parque Nacional da Tijuca, reflorestado, é área de preservação ambiental, declarado Reserva da Biosfera pela Unesco.

Lago das Fadas

Pra quem gosta do contato com a natureza, uma manhã na Floresta recarrega as energias. Um lugar tranquilo, com temperatura, de até  6 graus abaixo da temperatura da cidade.

O QUE TEM PRA VER NA FLORESTA DA TIJUCA?

VOLTAR

HOME

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *